terça-feira, fevereiro 09, 2016

Nas Nalgas do Mandarim - S01E21

segunda-feira, fevereiro 08, 2016

Take 42 - Westerns

domingo, fevereiro 07, 2016

I Believe in Miracles (2015)

Que tributo maravilhoso ao mais carismático, controverso e polémico treinador da história do futebol, um homem que pegou numa equipa de meio da tabela da segunda divisão inglesa e, em pouco mais de três anos, conquistou vários troféus nacionais (entre eles o título da Primeira Divisão inglesa) e duas Taças dos Campeões Europeus, com um futebol atacante apaixonante que o fazia ser aplaudido em qualquer campo que visitasse. Focado exclusivamente neste seu curto período triunfante no Nottingham Forest - a vida de Brian Clough dava uma enciclopédia muito complicada, do corte de relações com o seu adjunto de sempre, Peter Taylor, aos desentendimentos com o então seleccionador inglês Don Revie, do campeonato conquistado em início de carreira pelo secundário Derby County aos graves problemas de alcoolismo que o acompanharam durante mais de três décadas, aspectos de uma vida ficcionados de modo admirável em "The Damned United" -, "I Believe in Miracles" é um documentário ritmado e divertido, qual livro de banda-desenhada em movimento, sobre uma das melhores equipas que já pisou os relvados (na altura batatais) britânicos. Entre imagens de arquivo de Clough, Taylor e vários jogos históricos e entrevistas muito bem-dispostas com vários jogadores bicampeões europeus pelo Forest, eis um hino ao desporto-rei indispensável para qualquer amante do futebol jogado dentro das quatro linhas.

sábado, fevereiro 06, 2016

Lembrete Gyllenhaal

sexta-feira, fevereiro 05, 2016

Nas Nalgas do Mandarim - S01E20

quinta-feira, fevereiro 04, 2016

The 100 (S1/2014)

Uma premissa pós-apocalíptica fantástica: quase um século após uma guerra nuclear que devastou o nosso planeta, um grupo de cem adolescentes que vivem na "Arca", uma estação espacial criada para assegurar a continuidade da espécie humana, é enviado de volta para a Terra para descobrir se esta já está habitável, livre de radiações nucleares. Tanto pano para tantas mangas, num conceito de possibilidades infinitas. O que é que a CW fez com ele? Criou um telenovela repleta de dilemas passionais, miúdas giras, vilões horrorosos - um ou outro sexy para apimentar a coisa -, num universo algures entre "The Hunger Games" e "The Lord of the Rings", repleto de ganchos narrativos absurdos e de filosofia existencial barata para totós. O pior de tudo? Que um palerma não consiga parar de ver, na expectativa que a série dê o salto. E a última cena da temporada obriga mesmo a revisitar esta criançada toda.

quarta-feira, fevereiro 03, 2016

Nas Nalgas do Mandarim - S01E19

terça-feira, fevereiro 02, 2016

Whitey: United States of America v. James J. Bulger (2014)

James "Whitey" Bulger, mafioso irlandês que durante anos esteve no topo da lista dos mais procurados pelo FBI, lado a lado com Osama Bin Laden, e que foi recentemente retratado em "Black Mass" por Johnny Depp, num documentário que acompanha os bastidores do seu julgamento em 2013. Com entrevistas a testemunhas-chave, criminosos que trabalharam de muito perto com Whitey, familiares de várias vítimas, o advogado de defesa de Bulger e, indirectamente, o próprio infame, "Whitey: United States of America v. James J. Bulger" arranca de forma fulgurante com cinco minutos que colocam o espectador completamente a par do background histórico de tudo o que vai assistir de seguida. O ritmo depois abranda, mas o objectivo do documentarista Joe Berlinger é óbvio: mostrar que o FBI foi cúmplice em quase todos os crimes cometidos por Bulger, aproveitando a sua influência para extinguir a histórica máfia italiana da cidade de Boston. Um bom complemento para quem gostou de "Black Mass".

segunda-feira, fevereiro 01, 2016

domingo, janeiro 31, 2016

The Wolfpack (2015)

Sete irmãos (seis rapazes e uma rapariga) isolados do mundo, num pequeno apartamento com uma vista fantástica em (e sobre) Manhattan. O pai, lunático e alcoólico, queria que os filhos não fossem escravos da sociedade, controlados como robôs pelo governo através do trabalho e da necessidade de dinheiro. Solução? Trancou-os em casa durante mais de uma década, qual seita comunitária, sendo estes educados pela mãe, professora certificada de ensino doméstico, donde vinha aliás todo o rendimento familiar. Sair de casa, só por necessidade extrema - anos houve em que não passaram da porta uma única vez. Como contactavam os seis rapazes - a rapariga, mais nova, é praticamente excluída do documentário - com o mundo exterior? Recriando e revivendo os seus filmes favoritos, de "Reservoir Dogs" a "Batman Begins". Mescla entre imagens de arquivo dos filmes caseiros da família com imagens da actualidade capturadas pela estreante Crystal Moselle, é no presente que "The Wolfpack" ganha algum interesse: vemos a primeira vez que todos saem de casa em grupo, como se fossem os Cães Danados de Tarantino, em alcateia, a primeira ida à praia, a primeira vez que andam de comboio, a descoberta do Google e, claro, a primeira vez que vão ao cinema. Mas, tudo somado, fica muito por dizer - culpa talvez da constante proximidade do pai - e quase tudo por explicar (como conseguiam, num suposto orçamento familiar tão apertado, pagar um apartamento na Big Apple, comprar tantas roupas, filmes, comidas etc. etc.). E, por isso, aquele que poderia ter sido um documentário assombroso a vários níveis, acaba por não ser mais do que um objecto de estudo curioso.

sábado, janeiro 30, 2016

Nas Nalgas do Mandarim - S01E18

sexta-feira, janeiro 29, 2016

Spotlight (2015)

"O Caso Spotlight" - uma escolha nacional de título estranha, diga-se de passagem, dado o background histórico das variadas equipas de investigação com a mesma chancela do Boston Globe que durante décadas desmascararam inúmeras trafulhices da sociedade - é um filme de uma importância extrema por duas razões primordiais: primeiro, relembra que o jornalismo não pode nunca perder a sua faceta de utilidade e serviço público em prol do negócio, das metamorfoses das redacções, das necessidades do momento, da falta de disponibilidade financeira ou pessoal para permitir investigações pertinentes e profundas que custam tempo e, consequentemente, dinheiro. Porque o jornalismo deve, mais do que nunca, servir como força em alerta constante para descortinar e revelar qualquer ilegalidade ou legalidade imoral que possa ter sido cometida longe dos olhos da justiça - ou mesmo perto dela, caso esteja corrompida. Em segundo lugar, porque recorda - ou apresenta, aos mais distraídos - a podridão que reina na mais poderosa e mafiosa das instituições mundiais: a igreja católica. Porque não se trata de um caso em específico, mas de um fenómeno; porque mesmo depois de tudo o que aconteceu, poucos pagaram pelos seus pecados e o arcebispo de Boston, conhecedor de todos os crimes e abusos que foram cometidos durante décadas, foi meramente transferido pelos superiores, qual promoção, para uma basílica em Roma. Como filme "Spotlight" é tecnicamente (ou mesmo narrativamente) digno de tanto louvor? Talvez não. Mas como lição de história que deve moldar o futuro, eis uma obra indispensável.

quinta-feira, janeiro 28, 2016

How To Make A David Lynch Film

quarta-feira, janeiro 27, 2016

Turbo Kid (2015)

Provavelmente o filme pós-apocalíptico mais naif cool de sempre, "Turbo Kid" é, na sua extrema inocência e ingenuidade, uma ode encantadora ao cinema underground de ficção-científica dos anos oitenta. Produção financiada com cinquenta mil dólares provenientes de uma campanha de angariação de fundos no Indiegogo, tudo em "Turbo Kid" é delicioso: os diálogos repletos de punchlines irresistíveis, uma dupla de heróis (o Cowboy e o próprio Kid) a explodir com tanto estilo, uma banda-sonora electrizante, uma mão cheia de capangas extravagantes e, surpreendentemente, uma narrativa muito mais inteligente e coesa do que seria de esperar de uma tripla de realizadores/guionistas sem qualquer background em longas-metragens. Sem dinheiro, sem carros, sem grandes efeitos especiais... mas com muito, muito feeling e ironia. E sangue a jorrar por todo o lado como nos bons velhos tempos.

terça-feira, janeiro 26, 2016

The X-Files & Dean Haglund @ VHS

segunda-feira, janeiro 25, 2016

Mitt (2014)

O retrato de um vencido. "Mitt" acompanha o candidato presidencial republicano Mitt Romney nas suas duas campanhas para se tornar no homem mais poderoso do planeta: em 2008, quando perdeu para McCain a luta partidária para ser o representante dos "elefantes" contra Obama, e quatro anos depois, quando conseguiu ser eleito como candidato republicano mas perdeu nas urnas para o Presidente em funções. Enquanto documentário político, "Mitt" é frívolo e oco, vazio de ideias e pontos de vista pessoais sobre a sociedade e a economia norte-americana que não um ou outro soundbite sem qualquer profundidade; enquanto retrato familiar de um mórmon rico atrás de um sonho, não resulta muito melhor, ou não estivesse claramente a família inteira, dos filhos à mulher, desesperada por chegar à Casa Branca apenas pelo estatuto que tal lhes proporcionaria. E quando mesmo num produto trabalhado para funcionar como propaganda individual a imagem que passa é tremida, algo correu definitivamente mal entre o promissor arranque (a derrota final) e o simbólico desfecho (o casal Romney no dia após a derrota, finalmente em casa, num silêncio profundo como se não soubessem o que fazer em seguida).

domingo, janeiro 24, 2016

Nas Nalgas do Mandarim - S01E17

sábado, janeiro 23, 2016

Fotografias TCN 2015

sexta-feira, janeiro 22, 2016

Steel (1997)

Um super-herói negro muito misterioso (o line-up policial não deu em nada) com dois metros e dezasseis centímetros de altura, diagnosticado com um caso severo de estrabismo sempre que coloca a máscara (capacete esse que tapa por completo as orelhas mas deixa boca e queixo à mercê do destino quando chega a hora de enfrentar balas e lasers de criminosos). Um basquetebolista transformado em actor (?!?) cujas expressões faciais e guarda-roupa duvidoso dizem quase tudo sobre a qualidade desta adaptação estrondosa da personagem da DC Comics. Um vilão recorrentemente com ar de quem está com uma prisão de ventre daquelas tramadas. Dois polícias sempre sozinhos em todo o lado, seja um assalto a uns velhotes no parque ou uma invasão à Reserva Federal norte-americana; percebe-se, não fosse Los Angeles uma cidade pequena, sempre com as suas ruas sem um único carro ou transeunte quando Steel entra em acção. Única coisinha menos má? Richard Roundtree, o Shaft original, num papel mais relaxado. Boa dica de visionamento se quiserem que seja o vosso cônjuge a pedir o divórcio.

quinta-feira, janeiro 21, 2016

Nas Nalgas do Mandarim - S01E16

quarta-feira, janeiro 20, 2016

Kazaam (1996)

Um génio rapper que canta (berra) tudo em rimas; um basquetebolista com dezanove anos de carreira cujo ego gigantesco derivado dos vários títulos de campeão nos anos noventa originaram uma onda de filmes, jogos e discos musicais que pretendiam explorar ao máximo o fenómeno popular; os saudosos velhos tempos onde um homem de 2,16 metros vestido com roupas estranhas a perseguir um miúdo nas ruas de Brooklyn não era olhado com preocupação. "Kazaam" revela-se uma experiência menos traumatizante do que contrair malária, mas ainda assim uma que foi suficiente para acabar com a carreira de realizador do "Starsky" Paul Glaser, responsável pelo inesquecível "The Running Man", do nosso amigo Arnie. Três apontamentos para mais tarde recordar: como o promissor Francis Capra perdeu-se no tempo; como provavelmente não havia ninguém da equipa técnica que conseguisse chegar à testa de Shaq para lhe limpar o suor entre takes e um justo louvor a Marshall Manesh ("True Lies"), o actor iraniano que em registo cómico nunca desilude.

terça-feira, janeiro 19, 2016

Nas Nalgas do Mandarim - S01E15

segunda-feira, janeiro 18, 2016

The Big Short (2015)

Longe da frieza dramática de "Margin Call" ou da diversão extravagante e enérgica de "The Wolf of Wall Street", "A Queda de Wall Street" apresenta-nos um retrato verídico competente, educativo e descomplexado do funcionamento corrupto das estruturas financeiras que deram origem ao rebentar da bolha imobiliária nos EUA em 2008. Adam McKay, habituado a bodegas sem nexo com Will Ferrell e companhia, surpreende ao desbravar novos terrenos, dar asas a Christian Bale e Steve Carell para brilharem sem restrições em dois papéis suculentos e, por fim, ao arriscar com uma narração e edição ritmada e criativa, que resulta na perfeição durante a primeira metade do filme. Uma lição importante - até porque, avisa McKay, os culpados continuam à solta e os esquemas proliferam com outros nomes - implantada num objecto cinematográfico cool... mas não mais do que isso (ao contrário do que este hype da temporada de prémios nos tenta vender).

domingo, janeiro 17, 2016

Nas Nalgas do Mandarim - S01E14