sábado, março 01, 2008

Emprestar DVDs: Como evitar, sem grande alarido?

Já todos certamente passaram pela famosa e dolorosa experiência de emprestar aquele filme predilecto a um amigo que o prometeu devolver no dia seguinte, mas que acabou por o raptar durante semanas ou mesmo meses. Decidido a eliminar de uma vez por todas com essa praga maldita que chega a ocultar DVDs para toda a eternidade ou a danificá-los de tal forma que, quando o vamos rever, damos por nós a saltar inesperadamente do primeiro para o quinto minuto de filme, num único segundo, o Cinema Notebook decidiu puxar pela vossa imaginação e criatividade, e criar um TOP de desculpas e justificações inocentes para evitar empréstimos indesejados. Deixem as vossas sugestões no espaço destinado aos comentários, que as cinco - ou dez - melhores ideias, ao fim de três ou quatro dias, passarão para este artigo. Para dar o mote, eis uma já testada cá em casa com bons resultados:

"Este pack veio com um problema de origem que crasha alguns leitores, com um certo chip interno, de uma vez por todas. Foi retirado do mercado e tudo. Tive que ir à loja com o leitor avariado para me pagarem o concerto. Foi cá uma açorda!"

Uma semana depois, cá fica uma pequena compilação das melhores que por cá passaram:

As completamente esfarrapadas, com taxa de sucesso entre os 0 e os 2,3%, mas que gozam de uma excelente dose de humor:

"Bem sabes que eu adoro capas... compro os filmes, mas os discos vão logo pró lixo!" (José Soares)

"Esse título está cheio de humidade... tão cheio que ainda se consegue espremer a água!" (Red Dust)

As pérfidas e desleais, capazes de funcionar consoante a vítima e a queda para a representação do proprietário do disco:

"Desculpa, este DVD é de um amigo, ando há séculos para lhe entregar e vou estar com ele amanhã!" (O Criminoso)

"Oh não vale nada este DVD. Comprei-o em Espanha e não tem legendas em português nem versão original." (O Criminoso)

"Epá, este é melhor não levares, emprestei-o à dias e devolveram-mo todo riscado, nem sequer chega a metade do filme..." (Marta)

"Não vais curtir nada... É uma banhada esse filme, vi e estou arrependido de ter comprado o DVD." (Brain-Mixer)

"Desculpa, mas já prometi emprestá-lo ao xpto." (Last Ladybug)

25 comentários:

Anónimo disse...

"Bem sabes que eu adoro capas... compro os filmes, mas os discos vão logo pró lixo!"

Carlos M. Reis disse...

Ahaha genial José ;D Duvido é que pegasse, bastava abrir a caixa :P Um grande abraço.

Red Dust disse...

Se for para emprestar a uma mulher (gira de preferência): 'o DVD vai, mas eu também vou...'.

Se for para emprestar a um homem: 'esse título está cheio de humidade... tão cheio que ainda se consegue espremer a água'.

Tiago Ribeiro disse...

A minha busca pela desculpa perfeita para não emprestar dvd's começou quando emprestei BAND OF BROTHERS (aquela série tv com dedinho do Spielberg que saiu pouco depois do Saving Private Ryan) e que só regressou ao dono ao fim de 1 ano e vinha com a caixa (uma valiosa obra de arte) toda rasgada.

Já utilizei várias desculpas, incluindo "Desculpa, este dvd é de um amigo, ando há séculos para lhe entregar e vou estar com ele amanha", passando pelo "Oh não vale nada este dvd. Comprei-o em Espanha e não tem legendas em português nem versão original", e até mesmo o famoso "Esquece lá isso! Vamos apanhar uma bebedeira?"...

Mas vou ser sincero, gosto do "COLECCIONO AS CAPAS, OS DISCOS VÃO LOGO PARA O LIXO".

Um grande abraço, vou ficar atento às desculpas porque também preciso de aumentar a minha lista.

Manuel Reis disse...

E que tal "Devolvo-to amanhã" dito por apenas uma pessoa ao longo de 934256230894712304 dias?

Marta disse...

Humm... Este sim é dos maiores problemas de sempre: qual a melhor desculpa para não emprestar DVDs a amigos.
Infelizmente nunca consegui arranjar uma boa desculpa, fiquei-me apenas, por: Epá, este é melhor não levares, emprestei-o à dias e devolveram-mo todo riscado, nem sequer chega a metade do filme...

No entanto, esta desculpa só serviu para proteger um ou dois filmes. Por isso o melhor continua a ser: guardar os DVDs num armario com portas e fechadura e nunca divulgar o que está lá dentro...

joaorsilva disse...

Não há melhor que esta:

"Não empresto"

:P

...last ladybug... disse...

O edgeheah tem razão, mas é complicado às vezes dizer que não aquela pessoa que chega a tua casa com aquele dvd que queres muito ver,pronta para te emprestar e que quer levar em troca uns 10 ou 20.Consegue-se arranjar desculpa para os primeiros 5, mas depois acabam-te sempre por levar os outros 15.
Tb uso a usual desculpa "ia mesmo hoje ver esse filme" ou "desculpa mas já prometi emprestá-lo ao xpto" e aquela "se fosse a ti não via isso, o filme não vale mesmo nada".
Mas a que melhor tem resolvido os meus problemas é:"tudo bem, amanha levo-te..." e no dia seguinte sofrer de um súbito esquecimento...
Vou estar atenta para arranjar mais umas desculpas, porque estas estão a ficar gastas...

Anónimo disse...

Engraçado, até agora não tenho tido problemas: todos os que emprestei têm vindo bem estimados, embora alguns tenham demorado algum tempo a mais a regressar à base.
Felizmente eu sou adepta do resgate: fico sempre com alguns da pessoa a quem empresto. ;-)

Anónimo disse...

Há sempre o método "troca":

- Ena! Empresta-me este DVD.
- Empresto pois! Na boa.
- Que baril!
- Mas...
- Então?
- Empresta aí 20€...

:P

Por acaso costumo mesmo emprestar muitos filmes e nunca aponto nada, de vez em quando vou a casa de alguém e fico mesmo naquela:

- Pera lá... eu tenho este filme...
- Pois... esse é teu.
- Ahhh
- Ia mesmo falar-te nisso...


Abraço!

brain-mixer disse...

Eu tenho sempre na ponta da língua o "Não vais curtir nada... É uma banhada esse filme, vi e estou arrependido de ter comprado o DVD!"

Mas acabo sempre por puxar algo para o meu lado se ele insistir: "Empresto, mas tu também tens de me emprestar algum teu, que eu também quero ver" (Claro que não necessito de dizer que a troca nunca tem lugar):P

Carlos M. Reis disse...

Red Dust, mulheres giras a pedir dvds emprestados? Onde, onde? ;D Quanto à dica da humidade, parece-me bem. Ainda por cima viemos de umas cheias... ;) Um abraço!

Criminoso, eu essa mesma série comprei para oferecer a um amigo, na espera que ele depois desse um jeitinho um dia mais tarde, mas nada :D Quanto à desculpa do DVD do amigo, parece-me bastante credível. A da falta de legendagem também é um bom recurso! Um grande abraço!

Manuel, still waiting ;) Um abraço.

Marta, e o ego? Como é que fica? :D Cumprimentos, volta mais vezes ;)

Edgehead, isso não é lá muito simpático :P Um abraço.

Last Ladybug, "Desculpa mas já prometi emprestálo ao XPTO" é muito bom. A do "o filme não vale nada", tão simples como eficaz :D Cumprimentos, volta sempre :)

Syrin, se fosses minha conhecida, limpava-te as estantes :D O método do resgate é uma excelente ideia. O problema é que só funciona em campo neutro. Quando alguém vai a casa de alguém, é mais complicado. Beijinhos.

José, isso de deixar um sinal também é genial :P O problema é se o outro decide que o DVD vale os 20 euros e não devolve :P Um abraço!

Obrigado a todos, já tenho aqui material para elaborar um ranking. Continuem a participar ;)

Carlos M. Reis disse...

Edgar, parece que o "não vais curtir nada" é mesmo o mais utilizado ;) Mas será que funciona mesmo? É que se o gajo responde: "só o quero ver porcausa da gaja que tem o papel principal", ficamos nas lonas :P Um abraço!

Unknown disse...

Eu guardo os CD's todos numa pasta grande e não deixo qualquer tipo de caixa onde seja possível pôr um disco à vista. Depois basta dizer que as caixas estão todas em parte incerta e distante (e.g. casa de ferias), e que não há um único e mísero invólucro onde se possa levar o CD. Se bem que entreter a pessoa até ela se esquecer que quer o filme também costuma funcionar, mas para isso é preciso ser-se absolutamente espectacular (que é o meu caso).
abrç!

brain-mixer disse...

Knox, há sempre a troca por outro DVD... Ao menos não ficamos a perder (é preciso é escolher-lhe um filme melhor que o nosso) ;)

Anónimo disse...

Knox, se não devolver... tens 20€ pra gastar... e normalmente os filmes vão baixando de preço. Ainda compravas 2 pelo preço do outro! :P

Abraço

Carlos M. Reis disse...

MGallo, e quando se é espectacular... :D Um abraço.

Brain-Mixer, o problema dessa solução é quando tens visitas em casa, para jantar, e que não tem nada para troca imediata :) Um abraço.

José, depois gastas e no dia seguinte, o gajo devolve-te :D Um abraço!

brain-mixer disse...

Mas tás sempre a cortar as minhas desculpas?? És dos que nunca devolve, é? :P
Abraço!

Carlos M. Reis disse...

Adoro cortar em ti. Já se tornou um hobbie :P Um grande abraço!

C. disse...

Só empresto a 1 ou 2 amigos que também me emprestam. De resto, não empresto.

Carlos M. Reis disse...

Com uma colecção dessas, também eu não emprestava a ninguém hehe ;) Beijinhos.

AL-Finete disse...

No meio de tantas desculpas, o melhor mesmo é não ter amigos!! É chato, mas a nossa colecção fica intacta!!

Agora o que me lixa mesmo é quando a nossa "cara-metade" está a falar de filmes com as amigas e diz: "Ha! O meu marido tem isso lá em casa, não é querido??" E ainda antes de teres tempo para dizer que o disco se estilhaçou dentro do leitor no dia anterior, ela remata com um: "Deixa estar que amanhã já te trago! Vais adorar!". - É muito mau!!! E podem-se gerar grandes discussões conjugais... que nunca levam a nada, claro! Perdemos sempre...

Outra desculpa que se pode usar (apesar de ter pouca probabilidade de sucesso) é: "Gostei tanto da impressão no DVD, que o estou a usar como decoração no retrovisor do carro e o sol estragou o disco! Que pena... Mas fica lá muito bem!" - Funciona melhor se tivermos muitos carros ou se dissermos que trocamos de disco todas as semanas e por isso os 24 dvds que nos estão a pedir estão todos estragados... Claro que pode levar a que a pessoa perceba a nossa má vontade e deixe de ser nossa amiga... mas pelo menos nunca mais nos pede DVDs...

Cumps,

AL.

Carlos M. Reis disse...

Tens que a colocar na linha Al... tens que a colocar na linha :P Ameaça que fazes o mesmo com os DVD's de Sexo e a Cidade dela, ou algo do género ;) Cumprimentos!

Skywatcher disse...

Ou podes sempre dizer que, por uma questão de organização, geres todos os teus empréstimos on-line.
A página é: http://home.comcast.net/~vze26qhz/blockbustered.htm

Carlos M. Reis disse...

Skywatcher, ahah muito bom o site ;) Cumprimentos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...