domingo, julho 06, 2008

10 Blogues, 5 Filmes, 1 Realizador - Junho de 2008


"The Incredible Hulk" parece não ter deslumbrado, mas também não desiludiu ninguém por aí além. Por outro lado, "Speed Racer" foi apupado um pouco por lado o lado e consegue trazer à nossa tabela algo raro: uma pontuação nula. "The Happening", o muito aguardado regresso do indiano Shyamalan, está muito bem filmado, mas a nível narrativo é uma desgraça autêntica, que arrasa com uma premissa brilhante. Resta saber qual o vosso filme favorito do genial Christoper Nolan.

16 comentários:

Anónimo disse...

Os Ultimos 2 filmes estreados são os meus favoritos, mas dizendo só um nome voto no Begins.

Nolan e actualemtne o meu cineastra de eleição.

Flying Dutchman disse...

Grande Knox, há demasiado tempo que não vinha aqui!
Gosto especialmente do The Prestige, mas Nolan tem muitas outras grandes obras das quais gosto muito :)
Parabéns pela Take 4 by the way, está aínda melhor!!
Infelizmente não vou poder ver o The Happening no cinema, vou ter de ve-lo no computador um dia destes, depois deixo o testemunho...
Um grande abraço Knoxville

Anónimo disse...

Dá-me só um Memento para decidir convenientemente...

Abraço

Anónimo disse...

É um dos melhores da actualidade e apesar de gostar muito do Memento e do Prestige, voto no Batman Begins porque é um grande exemplo para todos os blockbusters.

Loot disse...

De acordo no que toca ao Hulk, de desacordo em relação ao Happening :)

Filem favorito de Nolan? terá de ser Memento, mas hoje vou ver o Prestige por isso talvez mude de ideias :P

Abraço

DAGC disse...

Mais uma vez só há consenso num filme... incrivelmente o Hulk...

Quanto ao melhor filme do Nolan... estou de acordo com o autor deste blog... The Prestige... seguido de perto pelo Batman Begins.

Cumps ;)

Anónimo disse...

Adoro o The Prestige, a história e as performances de Hugh Jackman e de Christian Bale estão sensacionais.

Ricardo Vieira Lisboa disse...

Tenho que dizer que sou um dos amantes de Memento.
Devo dizer que gostei bastante do The Happening, sinceramente acho que mesmo não tendo as melhores actuações, não é nem pretensioso nem pateta (como já chamaram, aliás coisa que chamamrecorrentemente aos seus filmes) e será sem dúvida um dos meus filmes do ano, mas claro não lhe dava 5 estrelas, as quatro já era bom, por outro lado estranho a recepção tão morna (A InêsGens é cá das minhas) do El Orfanato, que eu simplesmente adorei

À sombra da bananeira disse...

Eu gostei bastante de The Happening. Não será o meu filme preferido do realizador mas não me desiludiu. Ainda não vi The Incredible Hulk, porque só esteve 2 semanas nos Medeia e não sei se me apetece pagar para ver. O Speed Racer recusei-me a ver (se alguém conseguir convencer-me, posso rever a minha posição), mas vi o Hancock, diverti-me a valer, e fiquei com a sensação que, com uma abordagem mais convicta, aquilo até tinha potencial para dar um filme jeitoso.

C. Nolan... que perguntas chatas! Voto no Memento, talvez porque foi o primeiro que vi e o que me revelou o realizador. Mas concordo com o ponto de vista de zelig relativamente a Batman Begins, que, além disso, não fica a dever nada ao Batman de Tim Burton (tarefa difícil de conseguir).
The Prestige tem um argumento e interpretações notáveis, para além de uma excelente fotografia. Acho que quando passou pelas salas portuguesas foi, algo inexplicavelmente, e também injustamente, um pouco ignorado e até subvalorizado.
O Insomnia, está um pouco aquém dos três acima mencionados (mas também gosto bastante) e os dois primeiros nunca vi.
Resumindo... uma filmografia não muito extensa mas que me parece muito consistente e de elevado nível. E o próximo está quase aí, quem sabe não será o melhor de todos?

Anónimo disse...

Um dos realizadores mais consistentes da actualidade, torna a escolha muito dificil, mas com uma pistola apontada à cabeça, escolho o Memento, mas o Batman Begins é simplesmente o melhor Franchising dos ultimos tempos, e o Prestige foi muito bem feito, além do excelente Insonia...
Curiso que tanto o Shyamalan, como o Nolan gostam de finais inesperados, apesar do Nolan não se 'esforçar' tanto para que isso aconteça, tornando a história mais 'natural'...

Anónimo disse...

a sombra da bananeira, este fim de semana passado também vi o HANCOCK, e concordo com o teu ponto de vista, é pena que um filme com tantas potencialidades, tenha caido na normalidade, e uma pena que o Michael Mann, tenha ficado só como Produtor, porque se o filme fosse dirigido por ele, todos nós agora só falavamos era do Hancock, e daquela raparigona, Super-mulher!!!!


cumpts

Carlos M. Reis disse...

Antes de mais, obrigado a todos pela visita e pelo testemunho.

No que toca ao The Happening, em breve colocarei aqui uma análise. Deixo a discussão do filme para essa altura. Não falta pano para mangas.

O Hancock ainda não tive oportunidade de ver, mas tenciono fazê-lo no máximo até Sábado. Depois digo qualquer coisa.

Quanto ao filme favorito de Nolan, e apesar de ter gostado imenso do Memento e do Batman Begins, foi o The Prestige que me preencheu por completo. A todos os níveis.

Cumprimentos a todos, obrigado pela vossa incansável visita.

MC disse...

Terceiro conjunto de actores e actrizes em votação em http://www.cinema-e-futebol.blogspot.com/

Obrigado!

JHB disse...

Não é que eu seja um expert em cinema, estou muitíssimo longe disso até, mas parece-me bem despropositado, para não dizer ridículo, dar maior classificação a um episódio de uma série de tv do que a um filme que é cinema em estado puríssimo, como é The Happening.

Quem me parece estar cheio de razão é o Cataclismo Cerebral com a sua corajosa pontuação nula a Speed Racer.

Abraço

Carlos M. Reis disse...

JHB, julgo que ninguém aqui dúvida que The Happening tem muito mais de cinema do que Sexo e a Cidade. Aliás, a realização técnica de Night é primorosa, com pormenores fantásticos. Mas também julgo que não é preciso ser nenhum expert em psicologia para achar despropositado, para não dizer rídiculo, que a apreciação de uma qualquer obra cinematográfica passe só por esse factor. Senão, qualquer filme de Shyalaman, Scorsese, Hitchcock ou Spielberg levaria nota máxima, independentemente de tudo o resto. Um abraço!

JHB disse...

Mas não é de cinema que aqui se está a falar? Porque se fôr de entretenimento eu próprio seria capaz de admitir a alta pontuação de O sexo e a cidade (embora mesmo assim não superior a The Happening), mesmo não tendo visto o filme. Eu até era espectador da série.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...