terça-feira, fevereiro 15, 2005

Ray (2004)

Antes de tudo, à partida, quem é que pode não vir a gostar de um filme com a música de Ray Charles do início ao fim? "Ray" é simplesmente, um dos melhores filmes biográficos de sempre. E um dos melhores filmes do ano, sem qualquer dúvida. E digo isto sem ser grande apreciador de filmes biográficos. Não gostei de Goodfellas, entre outros. Mas este... este toca-nos, e ainda para mais, além de sabermos que é tudo real, não conseguimos imaginar tudo. Só Ray mesmo o poderia ter feito, na escuridão, procurando todos os dias por uma, por mais ténue que fosse, luz. O sucesso deste filme fica a dever-se muito também, a uma representação incomparável e única numa vida inteira de Jamie Foxx, que certamente irá ganhar o Óscar para melhor actor. Jamie Foxx parecia não estar a representar, parecia que tinha encarnado Ray Charles Robinson, na alma, no corpo e na mente. Todos os tiques, todos os gestos... tudo! "Ray" é um filme que mostra a todos uma pequena parte do difícil mundo pelo qual Ray Charles passou. O "mundo" de um dos mais corajosos e audazes músicos de sempre.

1 comentário:

Anónimo disse...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it »

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...