quarta-feira, janeiro 04, 2006

Lost - Primeira Temporada

Jack está dorido quando recupera os sentidos. Depois, o sol escaldante, uma floresta de bambús, muito fumo e gritos. E a terrível certeza de que o avião no qual viajava se despenhara numa ilha do Pacífico! Um desastre que deixa quarenta e oito sobreviventes presos numa ilha remota do Pacífico. Entre eles, Jack, um médico, Kate, uma prisioneira agora livre, Charlie, uma estrela rock que guarda um terrível segredo, Sayid, um iraquiano, que tem agora de lutar contra o racismo de alguns companheiros, Michael, um pai que ganhou a custódia do filho, que não conhece, por morte da mulher e Locke, um homem misterioso, que tem uma maior ligação à ilha do que qualquer um dos outros. Um grupo de amigos, familiares, inimigos e estranhos vão ter de se unir para lutar contra as adversas condições climáticas para permanecerem vivos. Mas não só! A ilha guarda inúmeros segredos e... algo de gigantesco e de horrível existe no seu interior!

Criada por J. J. Abrams ("Alias" ou "Crossing Jordan"), "Lost" é uma excelente série dramática de grande acção e aventura, que mostra o que de melhor e pior existe nas pessoas quando estão perdidas. E, não conseguindo ser tão viciante como “24”, por exemplo, alcança um nível de misteriosidade e intriga que muitas poucas, ou mesmo nenhuma, havia conseguido anteriormente. Com um excelente elenco mas desconhecido até à data, “Lost” prima acima de tudo pela quantidade fantástica de factores psicológicos que consegue juntar, ou melhor, quase inventar, em cada episódio, mantendo uma estrutura que se solidifica ao mesmo tempo que se complica e baralha com o passar dos episódios de quarenta minutos. De resto, e como não quero estragar o prazer de visionar esta grande obra televisiva a ninguém, pouco mais posso afirmar sobre “Lost”.

No final desta primeira temporada, muitas foram decerto as teorias que apareceram “aqui e ali” sobre todos aqueles mistérios aos quais Jack, Kate ou Locke sobrevivem. A minha melhor teoria e a que vos recomendo é: nem sequer pensem nisso e pura e simplesmente disfrutem de “Lost”. Se bem que desconfio, que para acontecer o que está previsto (oito a nove temporadas que terminam com um filme que levanta o véu sobre todos os segredos da série), eles vão ter que introduzir novas personagens e essas passam pelos restantes passageiros, que neste caso, teriam sobrevivido mas noutra parte da ilha, que tal como vimos nos últimos episódios, é mais do que enorme. Mas tal como vos disse, nem me preocupo com isso. Quando puser as mãos na segunda temporada, lá hei-de descobrir mais qualquer coisita. Até lá, resta estar de ouvidos tapados – neste caso, olhos tapados – e não ler nada sobre o que se passa na temporada já em exibição lá na terra do tio Sam.



N.d.r: E não é triste que encomendar a primeira temporada completa da Amazon sai 50% mais barato do que comprar apenas o pack dos doze primeiros episódios em Portugal numa FNAC ou qualquer outra loja do género?

N.d.r 2: Aqui fica uma excelente critíca e introdução à série pelo Miguel Baptista. O link é http://miguel12.blog-city.com/lost1season.htm . Recomendado!

3 comentários:

Anónimo disse...

This is very interesting site... Cash advance 2b faxing Education professional journals online Washington dc injury lawyer

Anónimo disse...

a primeira temporada e realmente espectacular, a segunda e apenas boa, a terceira principalmente os ultimos 6 epi sao alucinantes e a 4 esta a ser explosiva, aconselho a todos os que gostam de accao, misterio e suspense ate ao fim. abraco a todos

Knoxville disse...

Obrigado pela visita e pelo comentário Anónimo. Cumprimentos, volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...