sábado, junho 07, 2008

Cartazes de Personagens - The Forbidden Kingdom


O filme oscilou entre as portentosas coreografias asiáticas de artes marciais e a apatia profunda ao nível da profundidade das personagens principais de Hollywood. O resultado final, por isso mesmo, foi morno mas suficientemente satisfatório. Agora, só resta saber se a jovem chinesa Yifei Liu - com apenas vinte anos de idade mas uma presença em tela notável, ainda para mais se tivermos em conta que divide os mesmos espaços narrativos de Jet Li ou Jackie Chan - ficará pela indústria cinematográfica ou voltará à esfera musical, onde ganhou renome e reputação.

3 comentários:

Flying Dutchman disse...

Grande knox, devo confessar que achei que este filme para mim tendeu mais para a fantochada que para uma obra de entertenimento satisfatório... só gostei da ironia/sarcasmo da personagem do Jet Li e da jovem chinesa supramencionada no teu texto ;)
Bem, são opiniões =p
Um grande abraço Knoxville

DAGC disse...

Ainda não vi o filme, no entanto não estou com aquele bichinho como gostaria de estar num filme que conta com Jet Chan e Jackie Li (lol).

Ao inicio quando soube que iam fazer um filme juntos fiquei em pulgas, no entanto contava com um filme em Hong-Kong/China/Japão algo épico ao estilo de Fearless, Hero, e essas fitas menos hollywoodescas... o produto final e o tipo de filme escolhido não foi bem esse e o bichinho que tinha desvaneceu. No entanto penso em vê-lo nos próximos tempos mas sem grandes expectativas.

Cumps ;)

Knoxville disse...

Dutch, percebo completamente. Aquele estilo asiático é sumptuoso e quando misturado com a banalidade de Hollywood, pode ser entendido como fantochada. Um grande abraço!

DAGC, sem dúvida alguma que se este filme não tivesse levado com o toque de Hollywood, seria bem mais sério e, quem sabe, bem melhor. Mas tratou-se de vender o mesmo peixe a dois mercados... e assim render muito mais. Escolhas ;) Um abraço!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...