segunda-feira, dezembro 06, 2010

TCN Blog Awards 2010 - Rescaldo


Portas abertas para 2011

Por onde começar? Talvez por dizer que, depois de dois longos meses de planeamento, organização, reuniões, centenas de e-mails e muitas dores de cabeça, a primeira edição dos TCN Blog Awards 2010 foi um pequeno sucesso. Sucesso porque conseguiu juntar oitenta convidados numa sala histórica da capital portuguesa para assistir a um evento sem quaisquer tipo de provas dadas no passado. Sucesso porque uma grande maioria dos blogues e bloggers nomeados estiveram presentes, fossem eles do norte, do centro ou do sul do país. Sucesso porque, no espírito que deu origem aos velhinhos Globos de Prata CN e a muitas das rubricas deste blogue, a união da blogosfera cinematográfica e televisiva nacional foi reforçada.

Mas sucesso também porque, entre conversas e desconversas no final da cerimónia com vários intervenientes, ficaram prometidos novos apoios, patrocinadores e, até, quem sabe, um novo apresentador para os TCN Blog Awards 2011. Por motivos profissionais, a partir de Março do próximo ano irei viver durante algum tempo nos Açores - não é só em Espanha que não anda fácil ser Controlador de Tráfego Aéreo -, o que certamente me impedirá de ter a mesma disponibilidade deste ano para organizar uma nova edição. No entanto, o caminho está aberto e o mais difícil já faz parte do passado. Com o apoio já prometido do Cineteatro Turim, da Magazine.HD e, obviamente, da Take Cinema Magazine, certamente apenas bastarão alinhavar alguns detalhes lá para Outubro ou Novembro do próximo ano.

O atraso inevitável

O início da cerimónia estava marcado para as 15h00. Às 15:15 estava tudo pronto, das luzes, ao som, do apresentador ao mágico degrau improvisado a partir de um dos adereços da peça "Persona", actualmente em exibição no Turim. Mas, onde estava o apresentador do primeiro prémio, Fernando Ribeiro, do Ante-Cinema? Melhor, onde estavam a dezena e meia de bloggers do Porto que vinham juntos de comboio, segundo informações matinais do blogue Antestreia? Sendo eu a única pessoa que sabia os vencedores - alguém tinha que preparar os envelopes, não é verdade?!? -, sabia também que naquele comboio encontravam-se todos os que subiriam ao palco naquela tarde, à excepção da categoria de Melhor Blogue Colectivo. Logo, era óbvio que não fazia sentido algum começar a cerimónia sem eles. Teria sido uma autêntica catástrofe e o famoso "Degrau do Turim", como já é chamado, não teria entrado na história. Por isso, tomei a decisão: mais vale irritar agora meia centena durante uma hora do que hipotecar todo um projecto, com prémios sem dono perante uma sala cheia à espera de discursos de vitória vibrantes. Por volta das 16:00, luzes apagadas e lá começou o longo vídeo de introdução, "descaradamente roubado do YouTube, por problemas de orçamento".

Sistema de votação

No final, dois ou três bloggers presentes no Turim vieram congratular-me pela cerimónia, mas também discutir um possível novo formato de votação para próximas edições. Algo mais do género da Academia de Hollywood, onde um grupo restrito de bloggers e cinéfilos teria a exclusividade dos votos para cada uma das categorias, impedindo assim votações em massa baseadas muitas vezes na popularidade e não numa análise mais cuidada do trabalho de cada blogue/blogger. A verdade é que cada um dos formatos de votação tem vantagens e desvantagens.

Pessoalmente, defendo a votação pública por uma única razão: permite abrir as portas da blogosfera cinematográfica e televisiva a centenas, senão milhares de internautas, que passam através de iniciativas como esta a conhecer blogues que não conheciam anteriormente. E, no fundo, sempre foi esse o meu objectivo, o de expandir a "nossa" blogosfera a novos leitores. Se a votação fosse fechada, os TCN Blog Awards 2010 não teriam tido certamente a projecção pública e a adesão que esta primeira experiência teve. E, para equilibrar a balança, foi propositadamente criado o "Prémio dos Bloggers". E vocês, o que acham?

Vencedores vs Favoritos

Nem todos os vencedores acabaram por ser os meus favoritos, aqueles em quem votei ou mesmo aqueles que achei que mereciam ter ganho. O facto de ter tido um papel preponderante em todas as nomeações prova que sou adepto de todos os nomeados, logo não tenho problemas em tornar agora públicas as minhas escolhas, sem medo de ferir susceptibilidades. Apenas não o fiz antes porque poderia ter influenciado o sentido de voto de alguns dos meus leitores, o que não seria de todo justo.

"Melhor Blogue Individual": votei no Cinema Xunga, um dos meus guilty-pleasures blogosféricos de sempre. No entanto, e na minha opinião pessoal, o justo vencedor teria sido o CineRoad, do incansável Roberto Simões. O CineBlog já passou por melhores anos, mas o seu estatuto histórico e a popularidade evidente acabaram por ser suficientes para levar o troféu para casa - ainda não levou, pois foi o único a não marcar presença na cerimónia -, naquela que foi a menos votada de todas as categorias.

"Melhor Novo Blogue": o Dial P for Popcorn levou o meu voto e a cabazada diz tudo. Um arrependimento em relação a esta categoria: o esquecimento de um certo Rato que merecia ter ido a votos.

"Melhor Iniciativa": o vencedor mais surpreendente da tarde, tal como tive oportunidade de dizer pessoalmente ao Nuno Reis. Sem tirar qualquer mérito à iniciativa, não esperava que o "Encontro de Bloggers no Fantasporto" tivesse tido mais do que vinte ou trinta votos, em suma, daqueles que marcaram presença no dito cujo. O meu voto foi para a Garagem do Kubrick, mas o mais justo vencedor seria, na minha opinião, o Ante-Cinema TV & Podcasts, pela regularidade, qualidade, profissionalismo, utilidade e seriedade de ambos os projectos.

"Melhor Blogue Colectivo": não é segredo que o TV Dependente era o meu favorito nesta categoria. Naquela que foi a mais renhida das categorias - e que chegou a ter três líderes diferentes em fases distintas da votação -, confesso que deu-me especial alegria ver o ZB e companhia ganharem, no sprint final, uma maratona em que qualquer um dos vencedores seria um justo laureado. Numa hipotética divisão entre Cinema e Televisão, que certamente será discutida nos próximos meses, a pensar na próxima edição dos TCN Blog Awards, o meu voto "cinematográfico" iria para o Split Screen, heróico vencedor dos últimos Globos de Prata CN, e cujo fair-play nesta edição merece uma vénia.

"Blogger do Ano": votei no justo vencedor. O Nuno Reis vive para o Antestreia, vive para o cinema, vive para a blogosfera. Orquestra quase sempre sozinho, nos dias bons e nos dias maus, com um know-how de excelência, um trabalho dinâmico e multifacetado. Dia após dia. Sem falhar, tal como um relógio suíço. A continuar assim, arrisca-se a levar novo troféu em 2011.

"Prémio dos Bloggers": TV Dependente, Split Screen e Ante-Cinema foram os meus três votos. Qualquer um deles seria um justo vencedor. Calhou essa sorte - e honra - ao Ante-Cinema.

Visionamento

Foi, provavelmente, a parte da cerimónia que mais trabalho deu a tornar realidade. A cedência de direitos de exibição foi um processo complicado, magistralmente negociado e tratado pelo José Soares, director da Take. No final, e devido ao atraso de mais de hora e meia em relação à hora prevista do visionamento (16:15), menos de uma dezena de pessoas ficaram a assistir a "The Wackness", de Jonathan Levine. Talvez o título não tenha também sido a melhor escolha, mas eis menos uma preocupação para a cerimónia do próximo ano.

Agradecimentos

Ao José Soares, director da Take, pelo apoio e envolvimento no projecto desde o primeiro minuto em que surgiu esta ideia. À Anabela Moreira e a toda a equipa do Cineteatro Turim, por terem aberto as portas, sem pedirem nada em troca, do seu espaço de excelência na capital portuguesa e terem cedido todo o seu material audiovisual para a execução da cerimónia. Ao Rui Ribeiro, director da Magazine.HD, pela coragem em associar-se aos TCN Blog Awards 2010 e contribuir com revistas e outros prémios para o grande cabaz de Natal que foi "sorteado" no final do evento. Ao Fernando Ribeiro, do Ante-Cinema, pelos fantásticos vídeos para cada uma das categorias. Infelizmente não houve tempo para executar o planeado - cada blogue/blogger associado a um certo filme/série -, mas a sua disponibilidade foi exemplar. Ao Edgar Ascensão, aka Brain-Mixer, por ter aceite o meu desafio para entregar o galardão de "Melhor Iniciativa". Ao Paulo Soares, cinéfilo "facebookiano" que gentilmente permitiu que a cerimónia ficasse guardada para a posteridade em vídeo. Por fim, mas não menos importante, a todas as oitenta pessoas que marcaram presença no Cineteatro Turim no passado Sábado e que acreditaram no potencial deste projecto. Espero que tenham gostado e que possa contar com todos vós numa próxima edição.

Clipping

35mm (#1)
Antestreia (#1)(#2)(#3)(#4)(#5)
Ante-Cinema (#1)
A Gente Não Vê (#1)
A Última Sessão (#1)(#2)
Cineblog (#1)
Dial P for Popcorn (#1)
Imagens Projectadas (#1)
My One Thousand Movies (#1)
Portal Cinema (#1)
TV Dependente (#1)(#2)

Cerimónia completa em vídeo





Feedback

O vosso feedback é fundamental para saber o que mudar e o que melhorar para a próxima edição dos TCN Blog Awards. Opiniões sobre as categorias, a cerimónia, ou qualquer outro assunto relacionado com os prémios, por favor deixem na caixa de comentários. Só com a vossa ajuda podemos tornar os TCN Blog Awards 2011 numa festa ainda maior e melhor.

19 comentários:

Sam disse...

Em Março de 2011, vais ficar bem perto do "Keyzer Soze's Place"... mas numa ilha ao lado! :)

Havemos de combinar algum get together.

Abraço.

The movie_man disse...

Tive muita pena de não conseguir ir. A ver se em 2011 estou com vocês :)

ZB disse...

Antes de mais, e mais uma vez, parabéns pela organização do evento. Acho que foi um corajoso passo que deste e se bem que há coisas a melhorar (mas não há sempre?) acho que abriste aqui uma porta para algo ainda mais interessante de futuro.

Quanto ao sistema de votação, é óbvio que o "concurso de popularidade" não é o mais justo, e se bem que acho que o defendes de forma muito válida, acredito que um sistema por júri (ou uma variação como sugiro mais abaixo) seria o indicado. Porém, defendo que esse júri teria de ser composto por elementos que nada tivessem a ver com qualquer um dos nomeados e que ainda assim tivessem alguma noção do que é feito na blogosfera de cinema/televisão nacional. E porquê pessoas exteriores? Porque mesmo que fosse uma hipótese válida de que o júri fosse composto por pessoas dos blogues nomeados, e claro não pudessem votar neles próprios, tenho bastante dúvidas de que os blogues exclusivos de televisão não saíssem a perder por falta de conhecimento dos mesmos (imagino daquela plateia quantas pessoas conhecem o TVD ou mesmo conhecendo quantas delas o visitam com relativa regularidade ou têm sequer algum interesse nos seus conteúdos?). Tal como em Hollywood, também aqui a televisão é o parente pobre e receio que ter uma competição com jurados bloggers o pessoal que escreve sobre televisão ficasse em desvantagem. Por outro lado, se conseguisses formar um júri de pessoas que nada tivessem a ver com os blogues poderia surgir outro problema distinto, que seria o facto de que o mais provável seria os júris não conhecerem os blogues que tinham de avaliar (ou, pelo menos, não todos) e mesmo que os fossem visitar antes de tomarem a sua decisão nunca teriam uma real noção como os mesmos funcionam regularmente.

Enfim... Surgem entraves de todas as frentes...

Acho que a melhor solução seria algo semelhante ao que os Emmys faziam, que era: numa primeira votação, dava-se o voto popular, que contaria 50% do voto final; depois fazia-se uma votação por júri, que valia os restantes 50% do voto final.

Quanto à criação de novas categorias, se se fizesse a divisão entre cinema e televisão, acredito que seria mais justo mas levantam-se alguns problemas. Primeiro, existem vários blogues a escrever sobre televisão, mas que também escrevem sobre cinema, logo são mais abrangentes. Colocavam-se na mesma categoria dos blogues exclusivos de televisão ou nos blogues exclusivos de cinema? Ia-se fazer uma contagem para ver e escreviam mais sobre televisão ou mais sobre cinema para os categorizar? E se se criasse uma categoria só para os blogues exclusivos de televisão? Aqui corria-se o risco de tornar a categoria em algo à semelhança da das minisséries dos Emmys, em que todos os anos há 2/3 nomeados e as da HBO limpam sempre aquilo sem grande dificuldade (se bem que têm bastante qualidade).

Eu acho que tens aqui, na divisão de categorias e no sistema de votação, algo para pensares durante muito tempo. Acho que não será fácil arranjar uma solução nem que seja justa para todos nem que seja do agrado de todos.

My One Thousand Movies disse...

Miguel, eu não te disse nada mas também não concordo que este sistema de votação fosse o mais justo. Teria resultado se todos os participantes fossem honestos e não fizessem campanhas enormes por essa internet fora.
Para reparares nos efeitos, explica-me lá como é possível ter havido 521 votos nos novos blogues, e apenas 299 nos blogues individuais. Será que as pessoas conhecem melhor os novos blogs que os antigos?

Não querendo tirar o mérito a ninguém, mas acho que o mais justo seria elegeres um júri de 40 ou 50 bloggers, escolhias tu os nomeados em cada categoria, e depois cada membro do júri escolhia o vencedor para si. O que tivesse mais votos ganhava. Acho que este seria o método mais justo, e pelo menos o júri seria mais "profissional".

Aparte isto, penso que a organização foi muito boa, e para o ano penso estar presente, mesmo que não seja nomeado.

Abraço

ZB disse...

Mas porque é que o apelo ao voto é algo desonesto? É apenas uma forma de chamar a atenção das pessoas para a iniciativa. Se não houvesse apelo ao voto tinhas meia dúzia de pessoas a votar e a maioria nem sequer se aperceberia de que havia tal votação a decorrer.

Acho uma certa piada sempre que alguém vem argumentar contra o apelo ao voto. As pessoas vão votar em ti se gostarem daquilo que tens para oferecer. Se não gostarem, não votam de certeza, independentemente de lhe estares a pedir ou não.

syrin disse...

Antes de mais... parabéns pela cerimónia que, enquanto primeira tentativa, e não obstante aquele degrau malévolo, correu muito bem.

Em primeiro lugar, e relativamente à questão dos votos, sinceramente não vejo uma solução consensual, e que vá agradar a todos. Sim, a escolha pública vai muitas vezes premiar a popularidade em vez de quem mais merece. Mas se, como sugeriram aqui em cima, arranjasses um painel de 40 ou 50 bloggers que escolhessem os vencedores (bloggers esses, é claro, que não pudessem estar entre os nomeados), em quem é que eles iam votar? A blogosfera cinéfila e televisiva portuguesa é assim tão extensa? Não me parece. E, como o ZB disse e muito bem, nesse caso a televisão - "parente pobre" para alguns, definição com a qual eu não concordo de maneira nenhuma, pois podem ser meios diferentes, mas não há um melhor do que o outro - estaria condenada, independentemente do seu mérito.

A escolha popular pode não ser a melhor, é certo, mas no fundo acaba por ser mais justa, em último caso. E a mais exequível, nesta situação.

Quanto ao apelo à votação... bom, sinceramente não me apercebi que tenha havido "campanhas publicitárias" de apelo ao voto nestes prémios (afinal, isto é apenas uma brincadeira... o máximo que se ganha, para além daquele troféu, é os chamados "bragging rights"), mas de qualquer forma, o que cada um faz é consigo. Se querem perder tempo em campanhas na internet, no facebook, no twitter, na rádio ou na televisão (na TVI, durante o horário nobre das novelas) é lá com cada um. Escrever um post, pôr um banner no blog e avisar que o último dia de votação está a chegar, não será nunca uma forma de tentar superar os outros. É divulgação, pura e simples.

Quanto à divisão entre cinema e televisão, já tinha dito o que pensava sobre isso nos comentários a um post no TVD, por isso não vale a pena repetir. Verdade seja dita, não estava - nem eu nem ninguém da nossa fila - com a menor fé que um site sobre televisão fosse ganhar nuns prémios dominados pelo cinema, daí o espanto e a demora em chegarmos ao palco. ;D Não só os prémios eram dominados por blogs de cinema, como a maior parte das pessoas conhece os blogs de cinema, em detrimento dos de televisão, e há um certo "ar de superioridade" por esta blogosfera, onde se sente claramente que a televisão é menos do que o cinema. Bom, nos dias de hoje, em que vemos grandes actores e realizadores de cinema a fugirem para a televisão, não me parece que seja esse o caso. Sei que não foi por mal, talvez mais por esquecimento, mas por diversas vezes esqueceram-se, durante os prémios, de referir que estes também eram para os cinema "os prémios de cinema...", disseste tu, "E de televisão", gritei eu do meu banco na plateia. Os trailers, dos filmes mais esperados de 2011, podiam também ter incluído das séries mais esperadas de 2011. Não será, por exemplo, um "Game of Thrones" uma produção bem melhor - seja a nível técnico, de história e mesmo de actores - do que um "Battle for LA"? São estas pequenas coisas, estes pequenos toques, estes pequenos esquecimentos, que mostram que ainda existe entre os blogues portugueses, uma clara separação entre o cinema, visto como "a grande arte", e a televisão, visto como "o parente pobre". E isso, parece-me, é algo a melhorar no próximo ano. :D (Ah, e para mostrar que não sou injusta, agradeço ao Ante-Cinema ter incluído imagens de algumas séries de TV nos prémios em que o TVD estava incluído).

syrin disse...

(lá estou eu, sempre com a mania de escrever testamentos, e depois o texto não cabe nos comentários...)

Continuando:

Bom, reclamações (ou melhor, sugestões à parte), o que interessa é que foi uma tarde bem passada, que tivemos oportunidade para rever alguns amigos, e que a partir daqui só queremos é melhorar. Enquanto colaboradora do TVD, fiquei muito contente com o nosso prémio, e prometo que vamos fazer melhor. Enquanto fã de televisão, prometo que irei tentar divulgar cada vez mais esta arte, dar a conhecer o que se esconde pelas televisões fora, seja nos blogues colectivos ou no meu cantinho, que realmente já precisa de um empurrão para sair do marasmo a que a preguiça (e o chicote do ZB no TVD) o colocou. Enquanto fã dos TCN Blog Awards, prometo de tudo fazer para lá estar novamente no próximo ano. E enquanto fã do Cinema Notebook, desejo-te uma bela estadia nos Açores no próximo ano... :D

syrin disse...

Corrigindo:

"referir que estes também eram para os cinema"
para a televisão, era o que eu queria dizer.

Jorge Rodrigues disse...

Antes de mais, como também já fiz questão de dizer no Facebook, quero dar os parabéns ao Miguel Reis e ao seu Cinema Notebook por esta iniciativa bem sucedida.

Queria também dar os parabéns a todos os vencedores e a todos os nomeados de forma igual, porque aqui não há quem perca, porque com esta iniciativa, com este encontro, ganhámos todos e não é um prémio que diz que o blog X é melhor que o blog Y na realidade.

Queria também deixar uma palavra de admiração pelo trabalho do TVDependente, cuja vitória mostrou que não se fala só sobre cinema na nossa blogosfera e que a TV tem uma palavra a dizer nisto tudo. Enquanto acérrimo fã dos dois meios (cinema e TV), fico contente por terem ganho.

E agora deixar uma palavrinha sobre o "apelo ao voto", visto que a principal discrepância é à custa dos 500 e tal votos na minha categoria. Não sei o que se passou, podem culpar o apelo ao voto se quiserem, mas mesmo assim não vi nenhuma campanha enorme por aí a circular - eu, pelo menos, não fiz nenhuma campanha substancial- (e mesmo havendo por aí quem tenha feito, é como a syrin disse, cada um sabe de si).

De resto, acho que a cerimónia correu mesmo muito bem (pese o degrau), e quanto a mim senti-me absolutamente fascinado por ter convivido com a nata da blogosfera de cinema e TV nacional e por ter travado conhecimento com tanta gente cujo trabalho fala por si.

brain-mixer disse...

Rescaldo a decorrer, por preguiça minha ainda não fiz qualquer referência no meu blog. Mas lá participei na gala, apresentando o prémio "maldito" (diga-se, provocador de desgraças, como destruir degraus! :P)
E óptimos nomeados, parabéns.

Quero mais uma vez dar os parabéns ao Miguel Reis pela grande aventura que levou a cabo e que para o ano haja mais, que eu lá estarei novamente!

Nuno disse...

Vou fazer uma análise de cada um dos pontos que me parecem relevantes.

Essa viagem é antes ou depois do Encontro Fantas 2011? Quanto aos Açores parece-me uma desculpa para se fazer um encontro de bloggers no arquipélago :)


2011
Sim, claro, sempre. Está visto que os bloggers ganham importância e motivação quando se reúnem mostrando número e quando discutem Cinema mostrando conhecimento e amor pela arte.

Atraso
Eu disse para sairmos às 9! Uma coisa é avisar que não se pode ir, outra é chegar atrasado. Ou a cerimónia é totalmente informal e se confia na sorte para funcionar, ou é definida uma regra mínima que é estarem todos a tempo e horas no sítio certo.
Para o ano isso não se repete e, se se repetir, cumpre a ameaça de passar o prémio para o seguinte na lista.

Sistema de votação
Dividir TV e Cinema não faz sentido. O prémio de TV seria sempre para os mesmos... No entanto quando falo de blogs de cinema também me refiro a eles.
Honestamente isto foi uma cerimónia de prémios do público como eram os Globos de Prata. Fiz campanha no blog e fora dele, mas pelo contador vi o efeito dela. Entre amigos, conhecidos e blogs associados estendi os meus tentáculos para onde pude com duas excepções. Não disse na empresa porque o ano passado disse e tive 50 votos, mas todos com o IP interno e por isso contaram como um. E não lancei uma nota de imprensa pelo Fantasporto a dizer que o Encontro de Blogues estava nomeado porque simplesmente não seria justo.
A nível de resultados medi os últimos dias. No total as páginas de votação foram 6% do tráfego, insignificante. Na última semana com 150 convites enviados a amigos tive 20 visitas à página de votação. Evento Facebook de duas semanas para votarem no blog: 400 fãs e 20 presenças. Não reflecte os números reais, como Antecinema, Portal Cinema e Split Screen confirmarão. Por isso é que agradeci a quem falou do Antestreia a 500 pessoas numa semana. Se entre amigos tenho respostas de 2%, para conseguir 150 votos a mensagem deve ter chegado a 10000 pessoas!
Nomear um júri talvez dê mais trabalho do que justifica. E que tal fazer prémio do público e prémio dos bloggers para todas as categorias? Os bloggers sugeririam uns 7 por categoria, os 10 mais votados seriam apresentados para votação pública e os bloggers indicariam 3 também desses 10. Teriamos a faceta populista, e uma mais crítica e de quem acompanha.
Outra coisa que podia ser feita é o blog dizer que está a concurso. O Cinemax desceu de 2º para 7º porque para eles o prémio não faz diferença e não quiseram saber.

Favoritos
Cada um tem o seu. Como tive oportunidade de dizer os meus venceram quase tudo. No prémio dos bloggers votei Antecinema pelo profissionalismo, Cinema Is My Life pela qualidade e SplitScreen por ter imenso de quase tudo. E todos porque foram de leitura predilecta durante o ano. Há muitos merecedores, mas só podia votar em três e escolhi com facetas complementares. O Cineblog teve vantagem sobre o Cineroad por questões históricas e porque não podia votar neles para iniciativa :)
TV Dependente acompanhei mais nesta semana no que nas 51 anteriores e nas 51 seguintes. Penso que nem os convidei para o encontro de blogs porque na altura só pensei nos de cinema. A TV não é o meu mundo (pura falta de tempo), mas admiro que se mantenha uma equipa de 20 pessoas afinada. Basta isso para as coisas sairem bem.
Agradeço o teu voto em mim porque é mais frequente ouvir críticas pela minha obsessão do que parabéns pela dedicação. Este prémio é o reconhecimento de um esforço que, acreditem ou não, ainda vai aumentar. Repito que este prémio devia ser vitálício porque a carreira de blogger é curta e ganhá-lo duas vezes é tirar uma oportunidade aos outros.

Visionamento
Se começasse a horas, se fosse um filme apelativo (assim um Scott Pilgrim), muitos ses...



Sugeria ainda um degrau melhorzinho, mas de resto estava tudo excelente e para o ano queremos mais. Parabéns novamente.

ArmPauloFer disse...

Tenho acompanhado esta iniciativa e acho que os prémios Cinema Notebook evoluíram bem e é por aí que tanto se vê dizer sobre isto (aqui e nos espaços dos envolvidos). Melhorou em termos de categorias o que havia na edição anterior. Os nomeados são todos interessantes e foi um prazer se poder, deste lado, também votar.
E este post é admirável pela honestidade e vontade de dar a saber o que bem poderia nem chegar a sabermos. Uma acção de grande respeito que desde já admiro. (Well done!)

Os premio de melhor colectivo e melhor individual foram bem entregues porque comunicam para fora do blogue de uma maneira franca e informal (sem ondas de grandiloquência)... e sempre com personalidade e atenção aos comentadores.

Mas sem dúvida que poderia ser interessante existirem umas categorias para cinema e outras para televisão. Também não vejo mal nenhum haverem blogues nomeados nos dois géneros, só provaria o enorme esforço que fazem em prestar atenção, merecida, a ambas as áreas, resultando em duplas nomeações desde que haja qualidade e relevância em cada facção.

No campo da TV, era merecido existir uma categoria que valorizasse as reviews continuadas dum mesmo blogger a determinada série e que o mesmo estivesse sujeito a votação perante as reviews/análises que faz perante a série a que se dedicou durante longo tempo.
(Por exemplo, usando tempos já passados: o genial trabalho que o Telmo Couto do SplitScreen fez sobre Lost; o genial serviço que a Ana Alexandre do Split Screen presta a Fringe; o genial serviço que a Syrin fez por BSGalactica no TVDependente; e outros mais no TVD como o Paulo Pereira (Breaking Bad - que nem ligo á série mas os textos são de grande elevação).

A TV poderia ter categorias como os melhores divulgadores de novidades sobre séries (poderiam estar aqui o TVD (obrigatório, e o ZB é o rei), SplitScreen, tvPRIME, Series Tv e outros que se enquadrem).

A ideia de o Miguel Reis contar com um grupo de também bloggers (que seja numero par e com MReis a desempatar), também acho óptimo.

No meio disto tudo e porque me parece que este prémios estarem a passar de cariz pessoal com participação externa do povão para algo cada vez mais sério, um dia vai surgir a questão seguinte: Porque é unilateral a eleição dos nomeados?
...e daí uma outra: E quando se vai um dia dar um prémio ao Cinema Notebook?
Pelo menos por esta iniciativa...

Para concluir, acho esta "avaliação" anual, um valor para a blogoesfera. Ajuda a prestar atenção a paragens por nós (ou por mim) desconhecidas.
Já se sabe que no fim são relevantes os factores de prestigio e um certo "profissionalismo cultural" que catapulta, que leva a ser nomeado. Há tantos espaços na blogoesfera que abordam cinema ou televisão, mas que não têm o estofo suficiente (a todos os níveis) para estas coisas.
Seja qual for o formato da edição seguinte, se existir a chance de podermos participar votando... desde que possa e se cá estiver... contribuirei com votos.

O Projeccionista disse...

Em primeiro lugar quero uma vez mais dar os parabéns à iniciativa e ao esforço do Miguel para ter conseguido pôr de pé tamanha missão. Houve aspectos positivos e negativos, mas penso que no geral correu bastante bem.

Agora alguns pontos gerais, tendo em conta o que já foi dito e um aspecto que acho que podia ter sido melhor. Vou começar por este, que é o mais fácil de 'despachar'. Acho que os nomeados deveriam ter sido arrumados por categoria (nos casos em que isso fosse possível) para que todos se conhecessem melhor. Por exemplo, eu gostava de ter travado conhecimento com outros nomeados e praticamente não consegui falar com ninguém pois não sabia quem eram as pessoas.

Divisão TV/Cinema
Apesar de o meu blogue ser de Cinema, não considero a TV um parente pobre. E o facto de não ligar muito a esta área prende-se sobretudo com a falta de tempo e com o facto de preferir ver um filme do que acompanhar uma série durante não sei quanto tempo. Quando quero mesmo ver uma série tento fazê-lo de seguida. Bem sei que pode perder a actualidade e muitas vezes acabo por ver séries vários meses ou mesmo anos depois de terem passado. Não me faz confusão nenhuma. Posto isto, tenho de confessar que não presto muita atenção à blogosfera que se dedica à TV, simplesmente por ser um meio que não ligo muito. Mas reconheço que tem tanto valor como os blogues que se dedicam ao Cinema e acho que na próxima edição seria mais justo existirem categorias para cada uma das áreas. Nos casos em que abordam os dois temas, ou se criava uma categoria específica ou então eram nomeados na categoria respectiva.

Votações
É óbvio que as votações on-line não são as melhores pois há sempre blogues que são mais conhecidos do que outros, logo partem em vantagem e nem sempre o mérito vinga nestas coisas. Um júri 'especializado' não é má ideia e por acaso também já tinha pensado nisso, mas como o fazer. Quem seriam os escolhidos? Uma hipótese seria os nomeados do ano anterior escolherem os nomeados todos os anos, começando a criar uma espécie de Academia de Bloggers. Com uma ressalva: cada blogue só podia ter um representante, para não criar desequilíbrios. Mas depois estes podiam estar entre os nomeados? Eu penso que não seria descabido de todo, o problema seria depois gerir uma coisa deste tipo. Ao mesmo tempo, acho que o público também deve ter uma palavra a dizer. A proposta do ZB de dividir os resultados parece-me boa.

A questão das campanhas nem se devia pôr, pois penso que cada um deve fazer o que quiser para promover o seu blogue. Eu próprio o fiz e considerei na altura que não tinha jeito para a coisa. No fundo acho que os prémios foram mais uma justificação para celebrar a blogosfera de Cinema e TV e acho que o objectivo foi alcançado. A mim pelo menos, como também já tive oportunidade de comentar anteriormente, a nomeação serviu para ficar a conhecer novos blogues que não conhecia. E fiquei contente por estar nesta lista, ao lado de pessoas que dedicam parte do seu tempo a escrever sobre aquilo que gostam, sem deverem nada a ninguém.

Não conto estar entre os nomeados na próxima edição, pois penso que não consigo ombrear com o que tenho visto. Mas uma coisa é certa: a minha presença na cerimónia, salvo motivos de força maior, estará garantida. Cumprimentos a todos e continuem o bom trabalho. Dá gosto ler-vos todos os dias. E peço desculpa pelo 'testamento', mas acho que levanta alguns bons tópicos para reflexão de todos

Roberto Simões disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Roberto Simões disse...

Numa cultura onde, tantas vezes, parece prevalecer o maldizer, é tremendamente positiva uma iniciativa onde se promova o elogio e o reconhecimento. É essa a função de qualquer prémio e é essa a relevância primeira de uma iniciativa como os TCN Blog Awards. Parabéns ao Miguel Reis e a todos principais apoios da iniciativa, porque é louvável e digna da nossa maior atenção.

Infelizmente, e por razões profissionais, não pude comparecer e fazer jus àquilo que disse, ou seja, prestar a maior atenção e estar presente na cerimónia. Espero sinceramente poder comparecer para o próximo ano.

Aproveito a ocasião para felicitar todos os vencedores e nomeados. Pessoalmente, regozijei-me bastante com a vitória do DIAL P FOR POPCORN, sem tirar o mérito aos restantes, os quais grande parte sigo com regularidade. Alegrou-me tal vitória porque o que há ali naquele blogue é trabalho intenso e de grande qualidade. Com entrega, com paixão. E eu gosto disso.

Quanto ao evento - e eu que levo a minha vida a produzi-los - penso que correu modestamente bem. O que ali aconteceu foi uma comunhão de esforços, de boa-vontade. Parabéns.

Quanto às votações, depende efectivamente daquilo que se pretende da iniciativa. Se a intenção é conquistar novos públicos, novos leitores, chamar a atenção mediática, a votação pública parece-me a mais acertada. Se a intenção for a credibilidade, no sentido da exigência e da qualidade, creio que não é o grande público o mais indicado e especializado para decidi-lo. Penso que concordamos todos. Será sempre uma questão de opção, não se pode ter tudo como já foi dito acima. O importante é que esta iniciativa prevaleça, que se loure o trabalho e a dedicação. Isso é que conta, antes de tudo o resto.

Pessoalmente, e a dúvida mantém-se desde o ano passado, não entendo o porquê de misturar sites com blogues. A não se que ainda não tenha bem compreendido qual é a distinção - se é que existe - entre ambos.

Quanto à questão da separação da TV e do cinema acho que faz todo o sentido. Por uma questão teórica. Agora, na prática sabemos bem que não é fácil. Deixar de reconhecer os valores dentro da área da TV é que não. A propósito, sou da área do cinema mas não menosprezo nem por um milímetro o vosso trabalho. Não o conheço, porque não vejo os produtos de televisão que commumente abordam, mas a televisão é uma área como qualquer outra. Fiquei surpreendido com a vitória do TV DEPENDENTE, penso que foi inesperado e parabéns à equipa.

Penso que a adesão em termos de público foi, de facto, um sucesso. A iniciativa, por si só, é histórica e mover pessoas de norte a sul é também histórico.

Agradeço a todos os que votaram no CINEROAD, a todos os que têm por essa internet fora tão bem falado do meu blogue. Fico muito grato por isso. E obrigado Miguel pela nomeação.

Cumps.
Roberto Simões
» CINEROAD - A Estrada do Cinema «

Miguel Reis (Knoxville) disse...

Bem, antes de mais, muito obrigado a todos pelas simpáticas palavras, opiniões e ideias.

Apontei aqui num caderno vários tópicos, os quais serão certamente pensados e debatidos aquando da organização da próxima edição.

Numa análise fria, uma ideia que gostei bastante e que certamente será implementada, será a escolha dos nomeados por mais pessoas além de mim e do José Soares, que fomos o "júri" deste ano. Uma espécie de academia de bloggers, que estejam por dentro da blogosfera de cinema e televisão, para escolher os nomeados, parece-me uma ideia brilhante. Quanto à votação... terei que pensar muito ainda. Parece-me que perder a vertente pública da mesma irá tirar aos prémios o seu principal objectivo: a divulgação dos blogues.

Muito obrigado a todos pelos testamentos, mais uma vez. Discutiremos em breve tudo isto.

Abraços e beijinhos!

Joana disse...

Aconselho vivamente que para os TCN Blog Awards 2011 convidem o Filipe Homem Fonseca para novo apresentador da cerimónia. Apresentador nato, com provas prestadas no Offbeatz e no Poetry Slam do MusicBox, e um cinéfilo inveterado.

DiogoF. disse...

Cá estarei em 2011 para poder voltar a estar presente numa cerimónia como a de este ano, da qual só se pode fazer um balanço muito positivo.

Os meus mais sinceros parabéns à organização, pela iniciativa audaciosa e pela sua concretização dinâmica.

Quanto às votações, porque não o voto pela internet, que detecte IP ? Sobre a publicidade que cada um fez, nada contra ! ;)

Miguel Reis (Knoxville) disse...

Diogo, estas votações estavam limitadas por IP e por Cookies. Um abraço.

Joana, e quem paga? Heheh ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...