segunda-feira, setembro 12, 2011

Regresso ao Futuro


Vamos lá esclarecer a questão do momento em vários comentários: não, o Cinema Notebook não entrou numa máquina do tempo, ou dando razão ao título, num qualquer DeLorean mágico. Não, apesar de estar perdido no meio do Oceano Atlântico, não estou perdido no tempo - ainda. A razão das entradas estarem neste momento datadas de Setembro é simples: este blogue é, desde o seu primeiro dia, um diário aberto. E, como em qualquer diário que se preze, não há dias em branco. Por isso, e até estar de Regresso ao Presente, se vos faz confusão, não liguem às datas.

2 comentários:

Peter Gunn disse...

Este modelo do DeLorean está algo de fantástico hehe :)

Já só faltam dois meses de posts para acertar as agulhas, quem sabe no inicio do ano já consigas ter os dias "em dia" ;)

Cumprimentos cinéfilos

Miguel Reis (Knoxville) disse...

O objectivo é conseguir ter os posts em dia já em Novembro, para ver se depois começo a fazer alguns posts com mais conteúdo (sim, porque a maioria destes últimos são entradas rápidas para colocar o blogue cada vez mais perto do "presente" :)).

Cumprimentos cinéfilos Peter, obrigado pelas visitas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...