sexta-feira, março 15, 2013

CBA 2013


A primeira edição dos Cinema Bloggers Awards teve lugar no passado dia 13 de Março em Lisboa. De 0 a 10, eis um resumo da noite, aproveitando para deixar alguns apontamentos sobre a iniciativa. Começando pelo mais negativo, nota 0 para a afluência de bloggers jurados - são cerca de quarenta e um segundo o blogue da organização - na plateia, apenas dois pelo que me apercebi no local. A escolha de uma quarta-feira para a realização do evento pode explicar muitas ausências, mas não todas; 1 para a primeira curta-metragem da noite, curiosamente até uma das nomeadas para Melhor Curta-Metragem nos prémios, "Posfácio nas Confecções Canhão". Excessivamente longa e demasiado imbecil para o meu gosto; continuando nesta esfera, 2 para a curta "Aqui Jaz a Minha Casa", cuja interessante mensagem que tenta passar - a desertificação do interior - é explanada num produto muito melhor filmado e interpretado do que narrativamente atractivo; abordando a natureza dos CBA de forma crítica, nota 3 para o conceito dos prémios ser completamente desadequado a um evento físico de entrega dos mesmos, algo que motivou a minha recusa aquando do convite para ser um dos jurados, bem como pode explicar o aparente desinteresse de uma comunidade activa no processo de votação, mas que negligenciou por completo a presença na Biblioteca de Telheiras; 4 para a curta "Noite", de Flávio Pires, cativante e interessante desde o primeiro minuto, mas que acaba de forma súbita, como se algo ficasse por contar ou acontecer; voltando um pouco ao início, nota 5 para a constituição geral da audiência, na sua grande maioria amigos e colegas de curso da organização, bem como para algumas opções criativas que em pouco ajudam a credibilizar os prémios - a mais gritante talvez o facto do André ter colocado a namorada em palco a apresentar um dos prémios, por muito romântico e simpático que tal seja; 6 para "Black Mask", do blogger Filipe Coutinho, cuja filmagem segura - belo close-up de homenagem a certa altura -, cinematografia interessante nos jogos de sombras a preto e branco e narrativa e narração competentes acabam por compensar a desastrosa sonoplastia do projecto, que não consegue disfarçar as mudanças de microfones, bem como o som gravado em estúdio do som gravado em cena; nota positiva 7 para a apresentação do Bruno Duarte, que mesmo com a tarefa ingrata de anunciar nomeados e vencedores de categorias pelas quais ninguém estava muito interessado em saber os resultados, conseguiu ainda assim agarrar o público de forma humilde e modesta, com especial destaque para a entrada à Michael Jackson e para a piada que meteu Vítor Gaspar ao barulho; 8 para as condições técnicas do auditório, bem como para a sua excelente localização, de fácil acesso e sem muita confusão à entrada; nota 9 para o André Marques e a criação do zero desta iniciativa, ajudando assim a promover e fortalecer a blogosfera de cinema em Portugal, "certificando-a" como competente e merecedora de atribuir, ela própria, os seus prémios anuais cinematográficos. A manter a cerimónia em edições futuras, no entanto, algo diferente terá que ser orquestrado para justificar algum interesse na mesma, seja uma maior interacção com o público ou um foco maior nos blogues e não nos filmes e nas estrelas de Hollywood, que em nada precisam ou sequer reconhecem esta distinção; por fim, classificação máxima (10) para a vitória inesperada de "The Artist" na categoria principal dos CBA. Para o André e para a iniciativa, fica o desejo de muitos mais anos de CBA, sempre a melhorar. A blogosfera merece.

3 comentários:

André Marques disse...

Carlos muito obrigado desde já pela tua presença na cerimónia, e obrigado pelas palavras escritas aqui ;)

Sei (e sabia desde o início) que esta 1ª Edição iria ter muito peso a nível da iniciativa em si e penso que no geral correu bem, se calhar melhor até do que estava à espera.

No outro dia estava a pensar para mim mesmo e ainda fico incrédulo como os "CBA" surgiram como uma ideia minha em Agosto/Setembro de 2012 e na altura pensei em ser algo completamente online, obviamente, e chegar aos dias de hoje e pensar que houve uma cerimónia física destes prémios, que já envolveram/envolvem tantos bloggers, já têm tanta coisa, enfim...nunca pensei que a 1ª vez seria assim, e claro que espero que uma 2ª edição seja ainda melhor :)

Obrigado por tudo ;)

Nuno disse...

Acho é que já podias começar a descentralizar esse evento. Antes que se habituem a que seja sempre em Lisboa :)

Carlos M. Reis disse...

Nuno muito mais fácil falar do que fazer. Falo por experiência própria. Era preciso alguém do Porto responsabilizar-se pela organização, caso contrário torna tudo impossível. Abraços.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...