domingo, novembro 02, 2014

Prefiro morrer de pé do que viver de joelhos


Para informação e divulgação, anuncio que a Take Cinema Magazine, por decisão do seu director, decidiu ao final da noite do dia 31 de Outubro passado renunciar a qualquer participação e envolvimento nos TCN Blog Awards 2014 e futuras actividades, pedindo inclusive para deixar de fazer parte do naming (T) dos prémios já nesta edição, mesmo que nada fosse pedido em troca de agora em diante. A decisão da Take surge semana e meia após ter apresentado a minha demissão do cargo de editor da revista, depois um desentendimento a nível do planeamento da Take 38, que impossibilitava que mantivesse o título e a responsabilidade de editar a publicação. Que fique bem claro que serei sempre escravo dos meus princípios, ideais e valores e nunca de uma paixão. De forma talvez ingénua, acreditei que esta minha saída de um projecto para o qual sempre dei tudo e tudo deixei, não afectasse minimamente a colaboração entre a revista e o Cinema Notebook na organização destes prémios. Estava claramente enganado. Anuncio então que devido a esta mudança a nível organizacional, os prémios passam a intitular-se agora... TCN Blog Awards. The Cinema Notebook Blog Awards. Para 2015 e adiante, os prémios terão provavelmente novo organizador e patrocinador associado, o que resultará num novo naming dos galardões.

Em relação à minha saída da revista, e tendo em conta que não sei se a última edição em que exerci o cargo de editor e deixei encerrada para paginação conjuntamente com a minha fantástica redacção de uma dezena de colaboradores - a Take 37, dedicada a um ano em específico, aquele que em votação considerámos ser o melhor da história do cinema - será ou não publicada como previsto durante o mês de Novembro, resta-me afirmar que a mesma simboliza tanto um fim como um início. Chegou a hora de arriscar e levar avante uma ideia antiga até agora arrumada na gaveta por incompatibilidade com a Take. Pouco ou nada adiantarei antes de Fevereiro/Março de 2015, podendo apenas dizer-vos que a blogosfera nacional de cinema e televisão continuará a ser o meu banco de sangue intelectual, local donde continuarei a recrutar verdadeiros talentos para tornar mais um sonho real. Ficam quase sete anos de Take para trás, seis deles como editor, com a clara sensação de que, a nível pessoal e tendo em conta as limitações da minha posição subordinada e dependente, nada ficou por dizer ou fazer. Agora, e porque continuará naquela redacção uma equipa fenomenal que nunca pediu nada em troca por tantas horas perdidas, resta continuar a acompanhar a Take como leitor. Os TCN, esses continuarão, com mais ou menos prémios, com mais ou menos convidados, com mais ou menos projecção mediática. Porque aqui sim, sou escravo de mim próprio.

9 comentários:

Aníbal Santiago disse...

Não existe muito a dizer. Espero que tenhas enorme sucesso nos projectos futuros, bem tens trabalhado para o conseguir e certamente irei acompanhar bem de perto os mesmos. A tua saída da Take pode ser resumida a "trabalho em grande nível e reconhecimento praticamente nulo na saída". Em relação ao sucedido não me vou alongar mais. Boa sorte na organização dos The Cinema Notebook Blog Awards.

Abraço

Ricardo Lopes Moura disse...

O novo nome tem muito mais sainete.

Nuno disse...

Um antes e um depois no cinema em Portugal. Boa sorte para tudo.

Carlos M. Reis disse...

Aníbal, obrigado pelo companheirismo, pelo profissionalismo, pela integridade e pelo trabalho exemplar em todas as edições em que participaste, tapando prontamente todos os buracos que eu não conseguia dar conta. A tua saída provocada pela minha saída deixa-me pessoalmente tão comovido como racionalmente triste por sentir que é um prego tão ou mais profundo do que o meu num caixão que não quero fechado nem debaixo de terra. Porque toda esta situação é uma espécie de divórcio com muitos filhos à mistura; e quero o melhor para todos eles. Forte abraço.

Ricardo, sem dúvida ;) Um abraço.

Nuno, isso é um exagero. Mas é para isso que servem os amigos, para exagerar :) Abraço.

ajanelaencantada disse...

Não sabendo o que se passou, não vou comentar. Mas fica um abraço de respeito por tudo o que nos tens dado. E se no futuro eu puder ajudar nalguma coisa, é só dizeres.

Jorge Teixeira disse...

Partilho do apoio te dado, a ti e aos TCN, seja qual for o novo nome ou o novo rumo que tomará. De resto, é bem visível, e se muitas vezes não o dizemos, sentimos, o teu trabalho e a tua dedicação falam por si só. Não precisas de mais. Continua. Estaremos sempre cá, tal como estarás sempre também aí para nós. A blogosfera é que ganha.

Cumprimentos,
Jorge Teixeira
Caminho Largo

Sofia Santos disse...

Fazer parte de algo que funciona em equipa tem um grande problema - as relações humanas. Quando os assuntos pessoais tocam os profissionais, coabitar torna-se impossível. Felizmente existe este espaço. Espaço que é teu e onde tu és tu. Seja o que for que se segue, terás o meu apoio incondicional. Sou tua fã em qualquer suporte, em qualquer lugar e a qualquer hora.

Um grande beijinho

Carlos M. Reis disse...

José Carlos, Jorge e Sofia, muito obrigado pelas simpáticas palavras, que muito me orgulham. Abraços e beijinhos.

Movie Lover disse...

Como leitor assíduo (apesar de nunca comentar) do blog e da página do facebook, resta-me dizer que com ou sem Take, vou continuar a acompanhar este blog e vou de certeza acompanhar o teu projeto futuro, que estou certo terá muita qualidade.

Força!

Bruno Ribeiro (como não costumo comentar...sou o responsável pelo cinema "curto & grosso") :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...