segunda-feira, abril 24, 2017

Get Out (2017)

Estreia inteligente e sofisticada na realização de Jordan Peele, um habitualmente actor/comediante que emergiu nos últimos anos como uma das vozes mais importantes da abordagem - divertida mas eficaz - de questões raciais na sociedade norte-americana, "Get Out" é uma espécie de neo-blaxpoitation executado de forma tão ousada e surreal que nem a última meia hora de revelação final sem grande originalidade ou imprevisibilidade consegue arruinar uma obra filmada em apenas vinte e oito dias, repleta de oscilações brilhantes entre o terror, o humor e a sátira racial, qual retrato humano das ansiedades interculturais que afectam os EUA. Uma paranóia refrescante para purificar a nossa cinefilia, com destaque mais do que justo para as interpretações do desengonçado Daniel Kaluuya, da experiente Catherine Keener e da estreante Allison Williams, qual namoradinha perfeita que depois de se casar torna-se um verdadeiro trinta e um. Nada de novo, portanto.

1 comentário:

Francisco Quintas disse...

Deixo aqui a minha crítica, gostava de receber a tua opinião. Obrigado!

http://franciscoquintasreviews.blogs.sapo.pt/get-out-foge-2017-critica-2978

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...