quarta-feira, maio 11, 2011

Date Night (2010)

Claire (Tina Fey) e Phil Foster (Steve Carell) são um casal que vive nos subúrbios de Nova Iorque. Numa tentativa de quebrar a rotina do seu casamento, decidem uma noite dar largas à imaginação (e à carteira) e ir jantar no mais requisitado e requintado restaurante de Manhattan. Até aqui tudo óptimo, não tivessem eles esquecido de um pormenorzinho importante: reservar mesa atempadamente. Num acto de coragem sem vergonha, decidem “roubar” a identidade de outro casal – os Tripplehorns – e ficar com a mesa que pertencia a estes. O problema é que os verdadeiros Tripplehorns são procurados por tudo e por todos pelas piores razões e a trafulhice inocente dos Fosters vai colocá-los a lutar - a fugir talvez seja mais apropriado - pela sua sobrevivência durante uma noite.

Comédia de acção de Shawn Levy (responsável pelos não mais que simpáticos "À Dúzia é Mais Barato" e "À Noite, No Museu”), “Uma Noite Atribulada” realça-se das restantes comédias do realizador graças à química de dois distintos actores de comédia, Carell e Fey, dois mestres da improvisação, que conseguem transformar os defeitos das suas personagens e a falta de originalidade da narrativa num conjunto de sketches divertidos, mesmo que quase sempre a roçar o ridículo. No final, fica o sentimento de missão cumprida: entretém e não aborrece, mesmo que nunca deslumbre.

1 comentário:

Andreia Mandim disse...

Achei fraca, não me cativou nada de nada. Achei até mais irritante e incómoda, além de cliché. A química entre ambos também era pouca. Estavam mais para fazerem stand up comedy, do que para um filme em conjunto.
E tenho pena que se continue a tratar da comédia como um género menor, porque parece que qualquer um hoje a pode fazer, ou acha...pelo menos.

cumprimentos,
http://cinemaschallenge.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...